Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Câmara de Biguaçu realiza primeira sessão remota da história do Município

Publicado em 20/05/2020 às 19:13 - Atualizado em 20/05/2020 às 19:14

Um momento que entrará para a história de Biguaçu. Nestas segunda e terça-feira, dias 18 e 19 de maio, sob o comando do presidente Nei Claudio da Cunha, foram realizadas as primeiras sessões remotas do Legislativo Municipal. A exemplo do Senado Federal e também de outras Casas Legislativas, vereadores se reuniram por meio do aplicativo on-line Zoom para deliberar os trabalhos após o período de recesso parlamentar, que foi adiantado este ano devido à pandemia de Coronavírus.

O destaque da semana foi a renúncia do agora ex-vereador Douglas Borba, que já estava afastado do cargo desde janeiro de 2019. Assume a vaga o agora vereador e não mais suplente, João Luiz Luz. No documento, Douglas destaca que “após 12 anos de dedicação ao serviço público, ocupando cargos como secretário Municipal, vereador neste município e secretário de Estado, é chegada a hora de me desligar da atividade política, para que possa dedicar-me a minha família e às atividades privadas”.

Nas sessões, também foram deliberados 12 requerimentos. Entre eles o Requerimento nº 025/2020, de autoria da Mesa Diretora, solicitando a retirada do letreiro da Câmara Municipal do prédio em construção. Requerimento nº 027/2020, de todos vereadores da Casa, que pede a desapropriação de um imóvel para a criação de uma Área de Lazer (campo de futebol) no bairro Bom Viver. Requerimento nº 028/2020, da Comissão de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos da Casa, requerendo audiência pública a fim de definir a situação das áreas de lazer do Bairro Bom Viver.

Mais requerimentos

Também requerimentos do vereador Fernando Duarte, que são: nº 19/2020, solicitando a retomada dos contratos dos estagiários; nº 020/2020, requerendo redução de tributos e prorrogação do prazo para o pagamento do IPTU aos setores mais atingidos pela crise causada pela pandemia; nº 022/2020, solicitando intensificação da fiscalização do Procon, devido ao aumento abusivo de preços de alimentos e produtos de higiene em estabelecimentos comerciais; nº 023/2020, solicitando que as lives dos músicos da Escola de Música de Biguaçu sejam remuneradas; nº 026/2020, solicitando a prestação de contas de recurso enviado pelo Governo Federal para Saúde de Biguaçu.

Ainda Requerimentos nº 029 e 024/2020, dos vereadores Fernando Duarte e Salete Orlandina Cardoso, solicitando informações sobre a atual situação da obra do Ginásio de Esportes Sérgio Murilo Martins, no loteamento Deltaville; e sobre as supostas irregularidades quanto à ocupação de cargos públicos em duplicidade. Requerimento nº 017/2020, do vereador Adriano Luiz Vicente, solicitando audiência pública para obter informações sobre a reforma do telhado e condições das salas de aula na EBM Professora Olga de Andrade Borgonovo, no Bairro Bom Viver. Requerimento n° 030/2020, do vereador João Luiz Luz, que solicita relatório de receita, despesas e licitações no período da pandemia do Coronavírus.

Nas sessões, ainda foram apresentadas diversas indicações de interesse público. O vídeo das sessões na íntegra estão disponíveis no canal da Câmara no Youtube. Para acompanhar ao vivo, basta acessar a página às segundas e terças, às 17h, e assistir a transmissão em tempo real. “Queremos fazer uso da tecnologia, que foi o recurso encontrado para que pudéssemos prosseguir com as atividades nesse período, para melhorar e aproximar ainda mais os trabalhos legislativos da população biguaçuense”, declarou o presidente Nei Claudio da Cunha.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar