Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Resumo das sessões – 27 e 28 de agosto

Publicado em 30/08/2018 às 13:42 - Atualizado em 30/08/2018 às 13:42

Nas sessões ordinárias dessas segunda e terça-feira, dias 27 e 28/08, vereadores da Câmara Municipal de Biguaçu aprovaram, por unanimidade, o Projeto de Lei nº 036/2018, do Legislativo, de autoria do vereador Fernando Duarte, que declara de utilidade pública a Associação Grande Fraternidade Escoteira Impisa, localizada no bairro Universitário. Trata-se de uma entidade sem fins econômicos, de caráter educacional, cultural, turístico, ecológico, beneficente, filantrópico e comunitário, destinada à prática de educação não formal e nos moldes do escotismo tradicional. A organização congrega todos os grupos de escoteiros de Biguaçu, que são: Anjos da Paz, Águia de Ouro, Biguá-Açu, Grande Alvorada e Real.

Ainda nas sessões foi aprovado por unanimidade, em votação única, o Projeto de Resolução nº 17/2018, de autoria da Mesa Diretora do Legislativo, que dispõe sobre alterações no Regimento Interno da Câmara. O documento cria as Frentes Parlamentares, de caráter temporário, com a finalidade de firmar parcerias com o Movimento Social Organizado, Organizações Não Governamentais e Órgãos Governamentais para a aglutinação de forças necessárias ao enfrentamento de problemas sociais determinados. Estas serão criadas por meio de resolução, indicando finalidade, prazo e objetivos, sendo aprovada pela maioria simples dos votos. Também serão pluripartidárias, compostas de um presidente e demais membros que aderirem voluntariamente.

Também foi deliberado o Requerimento nº 082/2018, de autoria do vereador Ricardo Mauri e parlamentares que subscrevem, que são o presidente Marconi Kirch, e os vereadores Adriano Luiz Vicente, Ângelo Ramos Vieira, Élson João da Silva, Magali Eliane Pereira Prazeres, João Domingos Zimmermann, Manoel Airton Pereira, Manoel José de Andrade, Nei Cláudio da Cunha e Ednei Müller Coelho. No documento, solicitam a realização de reunião com a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), visando buscar melhorias para as frequentes quedas de energia elétrica no Município, também sobre a prestação dos serviços solicitados e atendimento aos pedidos de realocação de postes.

Indicações

Nas sessões da semana também foram aprovadas 17 indicações. Entre elas, destacam-se as Indicações nº 878 e 879/2018, de autoria do vereador Ângelo Ramos Vieira, solicitando serviços de manutenção, desobstrução e hidrojateamento em alta pressão nas galerias de águas pluviais da Rua Barão do Rio Branco, no bairro Centro; e ainda instalação de um guard-rail ou muro de proteção, com as devidas sinalizações, no entroncamento das Ruas João Luiz Duarte com Edilar Ângelo Veler, no bairro Bom Viver.

Também as Indicações nº 870 e 872/2018, da vereadora Salete Orlandina Cardoso, solicitando a disponibilização de funcionários de segurança para a EEB Fernando Viegas de Amorim, no Jardim Janaína, e ainda instalação de redutor de velocidade em frente a EEB Areias de Cima. Na mesma linha, está a Indicação nº 877/2018, do vereador Nei Cláudio da Cunha, solicitando instalação de redutor de velocidade na Rua Manoel Francisco Machado, no bairro Fundos. Além de pedidos de instalação de lombadas, manutenção em ruas, faixa de pedestre, ponto de ônibus, rede elétrica e troca de poste de iluminação.


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar